Doação de medula óssea

Sempre ouvimos falar de doação de medula óssea, mas muita gente não sabe que o procedimento é muito simples comparado com a honra de salvar uma vida. O processo de doação é fácil, a pessoa precisa ter entre 18 e 55 anos e estar em boas condições de saúde. Segundo o REDOME (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), algumas doenças impedem a doação como: AIDS/HIV, câncer, alguns casos de hepatite, doenças autoimunes, epilepsia, doenças sexualmente transmissíveis, diabetes.

A medula óssea é um liquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, conhecido popularmente como “tutano”, nela são produzidos os componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas.

Durante a doação é retirado o material do interior dos ossos da bacia, por meio de punções, esse procedimento leva em torno de 90 minutos por meio de uma cirurgia. O doador passa pelo procedimento sob anestesia peridural ou geral, o que requer internação por um mínimo de 24 horas.

De acordo com o REDOME número de doadores de medula tem aumentado, mas diante a necessidade de doações ele se torna baixo, pois deve haver compatibilidade tecidual entre doador e receptor. A doação pode ser feita para pessoas de qualquer lugar do país que tenham compatibilidade.

Então, que tal procurar o Hemocentro mais próximo e se cadastrar como doador? Em Rondônia os locais de doação ficam em:

Porto Velho

Fhemeron

Rua: Benedito de Souza Brito – Setor Industrial

(69) 3216-2234.

 

Ariquemes

Unidade de Coleta e Transfusão

Rua Cassiterita, 3613 – Centro

(69) 3535-2659

 

Ji-Paraná

Unidade de Coleta e Transfusão na

Rua Vilagran Cabrita, 1440 – Centro

(69) 3421-1615

 

No último ano, foi aprovado pela Assembléia Legislativa em Rondônia como forma de incentivo para doações, a Lei 3596-15 (confira em: http://pna.to/PIz) na qual os doadores que estiverem cadastrados no REDOME, não pagam as taxas de inscrição dos concursos públicos promovidos pelo governo do Estado. Além disso, existe um projeto de lei também aprovado O Programa Doador Solidário do Amanhã que tem o objetivo de conscientizar e captar futuros potenciais doadores de sangue e medula óssea das escolas públicas e privadas do estado de Rondônia. Confira mais em:

Compartilhar
ALE RO - 2017 © Todos os direitos reservados aos rondonienses