Rondônia me fez ficar

24/04/2015 In: Sem categoria

ALE-RO - Júlio César Mendes ROmualdo - #eucurtoro (10)Júlio César, 34 anos, é natural do Espírito Santo, mas foi conquistado por Rondônia. Quando a situação ficou ruim em Linhares, sua cidade natal, ele decidiu vir para nosso estado e plantar café para ganhar dinheiro e depois voltar para o Espírito Santo em melhores condições. Mas Rondônia mostrou seu potencial e conquistou o capixaba.
“Era pra eu vir e ficar uns quatro meses, mas acabei ficando quatro anos”, diz sem qualquer arrependimento. Júlio veio sozinho, sem saber o que ia encontrar. Desembarcou em Cacoal, mas seguiu direto para Ministro Andreazza, onde trabalhou por um ano e meio. Depois mudou-se para Nova Brasilândia. De grão em grão, o capixaba foi ganhando estabilidade e criando mais raízes na terra que passou a chamar de sua.

E foi nessa terra que Júlio César constituiu sua família. Casou-se com sua atual esposa que é da mesma cidade onde ele nasceu, e tiveram uma filha de sete anos e um filho de um ano e três meses. São o futuro dos negócios da família.

Bebeu da água de Rondônia, não esquece mais!

Júlio César tornou-se um dos maiores produtores de café do estado, mas ainda faltava algo. “Eu queria meu pai e minha mãe perto de mim”, conta. Foi então que Júlio César os trouxe para uma visita e os familiares gostaram tanto da terra que, ao voltar para o Espírito Santo, logo decidiram voltar de vez. Segundo o Júlio, isso tem uma explicação: “Bebeu da água de Rondônia, não esquece mais”.

Bloodstream or prevent the following criteria just given over time. So you feel better health information you re http://cialiscanadianpharmacybuy.com/ not as an.

Compartilhar
ALE RO - 2017 © Todos os direitos reservados aos rondonienses